segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Quando você pensa que chegou no fundo do poço, você descobre que ainda tem o subsolo.


 


Hoje eu acordei sem nada no estômago, 
sem nada no coração, sem ter para onde correr, 
sem colo, sem peito, sem ter onde encostar, 
sem ter quem culpar.
(Tati Bernardi)

Desisti. Não por ser alguém que não luta por seus objetivos e que não tem coragem de enfrentá-los de frente, mas foi por ter lutado tanto que eu fiquei cansada, foi por encará-los de frente que eu quebrei a cara muitas vezes. Isso cansa sabe? eu cansei todas às vezes em que deixei o orgulho de lado e tentei muitas vezes. Apertei na mesma tecla, inúmeras vezes. Deveria ter sido em vão, mas não foi. Aprendi que o que não é para ser, nós temos que deixar pra lá. E eu deixei. Deixei tudo o que um dia me fez bem e hoje me faz muito mal. Larguei responsabilidades que tomavam meu tempo e me atrapalhavam de ver até o sol se pôr. Deixei de insistir em pessoas que não valem mais a pena, pois quem realmente gosta faz de tudo pra estar perto. Devo eu, perder meu tempo, com esse tipo de gente? A vida é breve,  devemos aproveitar cada momento dela, como se fosse o único. Isso é meio clichê, mas é verdade. Enfim, desisti de tudo o que não me fazia bem, é um direito meu. E espero melhorar. Agosto se passou, foi muito a-gosto, mas setembro vem melhor.

4 comentários:

  1. Que venha setembro, pra nós! E que seja ótimo.
    Adorei teu texto Cla, e tu tens razão não dá pra perder tempo com pessoas que não dão valor pra gente.
    Beijo grande, se cuida linda ♥

    ResponderExcluir
  2. Agosto é cruel, nunca tinha parado pra analisar mas é verdade, não é fácil. Adorei o texto! Beijos

    ResponderExcluir
  3. Adorei o texto e a citaçao de Tati Bernadi

    ResponderExcluir
  4. Que setembro seja melhor e supere todas as angústias, medos, inseguranças e azar de um agosto cruel. Lindo blog. visita o meu depois. bjs.

    ResponderExcluir